Conecte-se connosco

2600 operacionais combatem 13 incêndios que lavravam à 01:45

Publicado

em

Os 13 incêndios que lavravam à 01:45 de hoje no território de Portugal continental mobilizavam 2.608 operacionais, apoiados por 895 viaturas, a maioria em Pedrógão Grande e Góis, segundo dados da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

A maioria dos operacionais repartiam-se por três grandes fogos que lavravam nos concelhos de Pedrógão Grande (Leiria) e Góis e Penela (Coimbra), que àquela hora estavam a ser combatidos por 2.498 operacionais e 862 veículos, segundo a Proteção Civil.

O incêndio que deflagrou no sábado em Pedrógão Grande é o que mobiliza mais meios, 1.187 operacionais e 405 viaturas, de acordo com a mesma fonte.

A combater as chamas em Góis estavam, pela mesma hora, 1.143 bombeiros, apoiados por 399 veículos.

O fogo que lavrava em Penela, e que teve origem em Pardieiros Fundeiros (freguesia de Espinhal) pelas 21:15 de sábado, à 01:45 de hoje continuava ativo e mobilizava 168 operacionais, com o apoio de 58 viaturas.

O incêndio que deflagrou no sábado à tarde em Pedrógão Grande provocou pelo menos 64 mortos e mais de 150 feridos, segundo o balanço mais recente.

O fogo começou em Escalos Fundeiros, e alastrou depois a Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, no distrito de Leiria.

Desde então, as chamas chegaram aos distritos de Castelo Branco, através do concelho da Sertã, e de Coimbra, pela Pampilhosa da Serra.

Este incêndio já consumiu cerca de 26.000 hectares de floresta, de acordo com dados do Sistema Europeu de Informação de Incêndios Florestais.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade